A imagem mostra uma peça feita com vacum casting, posicionada ao centro da imagem. A peça tem tom vermelho e ao redor há uma espécie de nuvem em tons claros.

Vacuum Casting

Caso haja a necessidade da fabricação de uma quantidade maior de peças (volume entre 10-100 unidades), a Protosul conta com a tecnologia de Vacuum Casting. Com a utilização de um molde de silicone, as peças são produzidas à custo unitário bem inferior a prototipagem de uma maior quantidade de peças ou a fabricação de um molde em metal. Saiba mais!

Como funciona o vacuum casting?

Como funciona o vacuum casting?

O vacuum casting pode ser caracterizado como um processo simples, acessível e rápido. Oferecendo o meio termo perfeito entre a prototipagem e a produção em massa, os moldes de silicone produzidos pela Protosul são preenchidos com poliuretano, o que permite fabricar uma ampla gama de produtos, em um tempo relativamente menor do que o ferramental para moldagem por injeção tradicional.

Vantagens do vacuum casting

Vantagens do vacuum casting

Em geral, o vacuum casting oferece diversas vantagens em sua confecção, entre eles, a fabricação aditiva sob-demanda, prototipagem rápida e peças com alta qualidade de produção. Saiba mais abaixo:

Fabricação aditiva sob-demanda – a impressão 3D combinada com processos tradicionais é uma ótima maneira de ter tudo em produção de baixo volume.

Prototipagem rápida – com a possibilidade de fazer alterações de forma fácil e econômica, a fundição do vacuum é uma excelente escolha para fabricar protótipos para uso em testes ou como modelos em apresentações para clientes.

Peças com qualidade de produção – a fundição vacuum é versátil, apresentando uma ampla gama de opções para execuções limitadas de produção de peças funcionais, quer exijam elasticidade ou rigidez nos materiais.

Passo a passo do vacuum casting

Passo a passo do vacuum casting

O vacum casting é muito utilizado no lançamento de novos produtos (antes do investimento no ferramental definitivo) e na fabricação em baixa escala. Abaixo podem ser visualizadas as 3 etapas do processo:

1 – Modelo inicial: é usado para uma fabricação de moldes, podendo ser uma peça já existente ou uma peça impressa através do processo de prototipagem rápida. Através deste processo não é necessário o projeto do molde e qualquer peça modelo pode ser reproduzida, independentemente de sua geometria.

2 – Molde de silicone: com o modelo em mãos é gerado um molde negativo em silicone de alta densidade, o qual reproduz os detalhes da peça com altíssima precisão. Por se tratar de um material de alta tecnologia utilizado nos moldes, os mesmos não apresentam retração e podem vir a ser utilizados para uma tiragem média de 60 peças / molde mantendo sua precisão dimensional.

3 – Resultado vacuum casting: após a cura do molde o mesmo vai para uma câmara de vácuo com temperatura controlada, onde o material da peça final é injetado formando o modelo desejado. São utilizadas resinas termorrígidas de alta tecnologia com diversas propriedades mecânicas, térmicas e elétricas de acordo com a necessidade do projeto (elastômeros, Nylon, acrílico, ABS, PP).

Para saber mais sobre o assunto, entre em contato com a nossa equipe!

Fone: (54) 30661216 | Whats: (54) 99157-9663